Um Pastor precisa ser Teólogo?

Gostou do Post?

Existe sempre uma discussão sobre a seguinte questão:

Um Pastor para pregar em sua igreja precisa ser Teólogo ?

minha humilde resposta seria : Não (à princípio).

Vou explicar por qual motivo, conheço excelentes pastores que mal sabem escrever seu nome e no entanto quanto sobem ao Altar, falam com maestria a Palavra de Deus como se fossem até doutorados.

Pois acredito que esses Pastores são revestidos do Espírito Santo e ali no Altar , Deus dá a sabedoria para que a mensagem da bíblia seja levada à todos.

Porém por outro lado não sou contra que um Pastor se qualifique estudando Teologia (antes de qualquer coisa, quero esclarecer que não sou a favor de uma teologia sem espiritualidade) , pois acredito que com o aprendizado mais profundo , esse pastor terá muito mais firmeza e preparo para alcançar grandes obras.

E tenho observado um fato:

Não é pequena a quantidade de igrejas que são pastoreadas por homens com raso conhecimento teológico e superficial conhecimento bíblico( nesse caso não me refiro ao dom do Espírito santo de pregar e sim ao conhecimento da bíblia em si, tipo: regiões, cultura do povo da época, a geografia, as doutrinas etc).

Há instituições que carecem  profundamente da sã doutrina e do zelo pelas Escrituras.

A teologia ortodoxa afirma que o estudo sobre Deus (Theo + logia) deve ser baseado única e exclusivamente na Bíblia.

O que me leva a concluir que, quando o estudo teológico é deixado de lado, a própria Escritura também não tem sido considerada importante.

Efésios 4:11-14  diz:

“E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.

O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.”

Um pastor precisa ser teólogo?
Pastor e Teologia

O próprio texto deixa claro para quais finalidades Deus designou essas pessoas. No aspecto positivo, “preparar os santos para a obra do ministério”, edificar o “corpo de Cristo” – a Igreja, alcançar a “unidade da fé” e “conhecimento do Filho de Deus” – Jesus Cristo, chegar à “maturidade”, atingir “a medida da plenitude de Cristo”. No aspecto negativo, evitar que sejamos “como crianças”, “jogados para cá e para lá por todo vento de DOUTRINA” (ênfase minha), evitar homens que “induzem ao erro”. Fica claro, pelo texto, que ser pastor é ser mestre, de modo que eles tenham o conhecimento suficiente para tudo isso.

Bem então olhando por esse lado, um Pastor é como se fosse um mestre, então com formação em Teologia esse estará muito mais preparado para a Evangelização,  pois conhecerá profundamente a bíblia.

È verdade que existem Teólogos que não são Pastores, mas é bastante aconselhável que um Pastor seja Teólogo!!!

Bem, na verdade as opiniões serão diversas, e você qual a sua opinião?

Abraços  a todos,

E que todos nós sejamos Abençoados!!!!!

CONHEÇA NOSSA PÁGINA:  https://business.facebook.com/qualificacaoministerial